Místicas Memórias do Cristianismo

Sabem daquelas imagens que nos transmitem “odor” de santidade tão logo as contemplemos? Tais imagens podem ser de pessoas exemplares por suas vidas na Terra, de olhares significativos ou de locais que, a cada um de uma forma particular, nos “arrojam” à transcendência desse mundo concreto. Quanto aos locais físicos, não falo aqui daqueles que são obras da Natureza, mas dos que são construídos por seres humanos, obviamente, inspirados por Deus.

16690915_v2kJO

Nesta postagem, apresentarei algumas fotos de igrejas da época primitiva (no sentido cronológico) do Cristianismo. São templos simples, de pedra bruta ou não, situados em locais significativos para nossa Fé cristã. Suas paredes, em tudo, remetem aos fatos concernentes à História de nossa Salvação. Sua singeleza e rusticidade lhes manifestam a beleza da Fé dos pobres eleitos por Cristo como seus apóstolos. A meia-luz desses ambientes nos enviam diretamente ao ambiente contemplativo dos que esperam, desde sempre, o retorno prometido por nosso Senhor, em oração e vigilância perenes. Assim, esperavam os judeus pelo Messias nascer em Belém; assim, continuamos a aguardar a volta do Cristo, todos nós, Cristãos!

A “voz do que clama no deserto” se confunde, em alguns desses locais, com o canto dos pássaros ou o som das borbulhas de alguma nascente de águas das redondezas. Os sinos são imensos móbiles nesses ambientes silentes, presos em torres que apontam para os Céus que, sobre nós, fazem descer a chuva e sua Sabedoria. São Casas, Assembleias (em grego, ekklesia), Igrejas e Retiros, onde se reúnem aqueles que obedecem à sugestão de Jesus, quando disse:

“Onde estiverem dois ou mais reunidos em meu Nome, ali estarei eu no meio deles.” (Mateus 18, 20)

Passe o mouse sobre cada imagem para ver sua descrição. Clique em uma imagem qualquer para ir para a apresentação em slides.

Para terminar esse post, concluo com a Oração de São Francisco “Irmão Sol, Irmã Lua”, que é a síntese do sentimento ideal a ser alcançado por quem se diz seguidor de nosso Senhor. Ainda haveria muito mais imagens e apontamentos a fazer, mas sei que eles, pouco a pouco, brotarão como as antigas poesias, que vinham e iam como tempestades indômitas.

Tenham todos uma ótima semana nesse abraço fraterno que lhes deixo!

“O SENHOR te abençoe e te guarde; o SENHOR faça resplandecer o seu rosto sobre ti e te conceda graça; o SENHOR volte para ti o seu rosto e te dê paz.” (Números 6: 24-26)

José Fernandes Garcia, 62

2 respostas para “Místicas Memórias do Cristianismo”

  1. Júlio   Ontem lembrei de v. Possuo livros católicos maravilhosos, extrremamente edificantes. Ontem reli  um livro de perguntas que esclarescem certas dúvidas.  Todo católico, para ser um bom católico, deveria lê-lo.    CATÓLICO PODE OU NÃO PODE?                POR QUÊ? Pe. Alberto GAMBARINI   Ele responde questões como: Imagens, Yoga, Discoteca, clonagem, exorcismo, Harry Potter, Florais de Bach e Terapias alternativas, Tarô, Numerologia, Astrologia, etc.   Muitas opiniões são as mesmas dos Protestantes. É um livro simpático, numa linguagem para todos, pedagógica. Enfim, Muito bom.   Existe um outro livro que fala sobre A NOVA ERA, ERA DE AQUÁRIUS, de um padre espanhol, (Não estou com ele as mãos) muito bem analizado, e sua visão é a mesma dos protestantes.   Como falei, v. não deixou transparecer em momento algum que possuia a fé católica, pois estava envolvido até  aqui, com as crenças ocultistas.   Falei que estou fora da igreja a 8 anos.  Se v. leu minha pesquiza, verá que o mundo jazz INTEIRO no malígno e que atrás de cada IGREJA, todas, possui a mão dos MAÇONS.   Hoje desenvolvo minha fé, únicamente em Jesus, em casa.  Leio de tudo e retenho o que é bom.   As vêzes assisto o padre Gasparino na TV.  Fala como pastor Protestante.   Porque tempos atrás, os padres não pregavam a palavra e nem ensinavam o EVANGELHO, só liam as encíclicas.   Agora, para confundir, e prepararem para o ECUMENISMO, toda a Igreja Romana, resolveu exorcisar os demônios, cantar os louvores evangélicos, falar do Espírito Santo, etc. etc.   Só que isso é tudo que temos.  Todas as religiões passaram a ser um mal necessário.  Não temos nada diferente, pois o mundo jaz INTEIRO no malígno.   O importante é perseverar na fé, ESTUDAR A PALAVRA e buscar uma experiência com o Cristo.    

    ________________________________

    1. Leila, bom dia!

      Sobre os livros: eu hoje quase que exclusivamente leio livros no PC (por falta de espaço, tempo ou hábito de ler livros impressos). O que me fez voltar à Igreja são os programas do padre Paulo Ricardo, que são esclarecedores e porque o mesmo não fica no elitismo clerical, defendendo o clero inteiro a qualquer custa.

      Minha fé cristã católica nunca morreu. O que aconteceu é que comecei a contestar o que era dito oficialmente pela Igreja Católica. Você precisa separar o fundamento Igreja (fundada por Cristo, sobre Pedro) da instituição Igreja, guiada por iluministas maçons. Sei distinguir exatamente que há bons sacerdotes católicos e há os apóstatas do clero secularista, maçônico e marxista.

      São Francisco de Assis é tido, inclusive pelos protestantes, como homem que foi santo. Ele também teve muitos entreveiros com Roma. Mas, por que escolheu ficar sob o Bispo de Roma? Será que ele, tendo sido santo, sabia menos das realidades ocultas da Igreja do que nós, pobres tolos há séculos de distância dele? Escolheu ficar sob Roma porque sabia que de Roma havia a Igreja de Jesus sobreviver aos séculos, como Jesus prometera. Ou será que a Igreja que Jesus disse que prevaleceria contra as Trevas são esses filhotes monstruosos das heresias? Sobre a Igreja Católica, de Roma, fundada sobre o primado de Pedro, repousa a promessa de Cristo, ainda que sob o governo temporal de satanistas. Você acha que, somente porque eles instilam exageros e idolatria em nossos cultos e favorecem aberrações (como perseguição de monges e conivência de missas com comida de orixá), a Promessa e o Espírito Santo se afastam do Altar dos Santos? Profanaram o Corpo de Jesus, desnudaram-no, escarneceram dele, mas o Sacrifício na Cruz continuou valendo! Zombam de seu Corpo no Altar da Santa Missa, mas ainda assim seu Corpo e Sangue estão ali, em “memória d’Ele”.

      Leila, Jesus declarou: Pois que eu também te digo que tu és Pedro, e sobre esta Pedra edificarei a minha Igreja. E as portas do Inferno não prevalecerão contra ela (Mateus 16:18). Não se referia a ameaças externas, mas a Satanás dentro da Igreja. Quando você diz que as Igrejas estão imersas no Diabo, incluindo a Igreja Católica, isso não quer dizer que a promessa de Jesus foi rompida com a cátedra de Pedro. Ela continua, e continua sob Pedro! Este era o sinal do que valeria. A partir deste sinal, o signum Petri (como uma profecia) é que os cristãos deveriam esperar por sua volta e perseverar em oração e vigilância.

      Cismas e heresias ameaçaram fazer o Cristianismo cair no esquecimento (ou sofrer aberrações irreversíveis) já nos primeiros 4 séculos. Perseguições romanas levavam centenas de cristãos às arenas com feras e fogueiras por todo o Império Romano! Era um festim de extermínio para aniquilar a “praga vinda da Judéia”. Satanás não conseguiu acabar com a Igreja nem com as divisões, cismas, heresias nem com as perseguições. Então, o Diabo resolveu partir para assimilar a Igreja dentro de seus domínios.

      Veio Constantino e engoliu a Igreja dentro do Império, suscitou um clero corrupto (como todos os dignitários, em sua maioria, o são) e procurou controlar o Papado. Conseguiu, em parte. Mas, e Francisco de Assis? Surgiram os Franciscos, os Antônios, alguns santos Papas, as visões e avisos de Nossa Senhora, o milagre de Lanciano (pesquise), Joana D’Arc, Tomás de Aquino, Teresa d’Ávila, João da Cruz e tantos outros que iluminaram com seus testemunhos a veia católica para não deixar o povo imerso para sempre em trevas. Não vês a unção do Espírito no caminho da única Igreja? O Protestantismo sim, é obra maçônica e rosacruz por excelência, para destruir a Igreja de Cristo, a verdadeira e única. Se concordarmos que Lutero aboliu livros da Bíblia e falseou as Escrituras em várias partes, contra quem ele estava lutando? Contra Cristo apenas? Não, era contra Cristo e sua “Noiva”. Enfim, não se esqueça: se não fosse a Igreja Católica, provavelmente, Cristo seria lembrado hoje como uma bela fábula sanguinolenta, e os primeiros cristãos como fanáticos suicidas, seguidores de um mendigo galileu! A Igreja Católica, a de Cristo, é que preservou o legado cristão por todos esses longos dois mil anos!

      A raiz de Constantino sumiu. Os bizantinos, otomanos, britânicos (do imoral Henrique VIII, que fundou o anglicanismo), franceses (do ateu Napoleão) e os nazistas se foram. Os EUA estão prestes a cair (numa demolição controlada por parte dos Illuminati) para trazer o Anticristo. E a Igreja Católica? Está aí, mais do que nunca para provar que a promessa de Cristo de ficar sobre a Igreja até o fim dos tempos ESTÁ SENDO CUMPRIDA ATRAVÉS DO PRIMADO DE PEDRO, EM ROMA! Quando pisarem Roma, o Papa for perseguido (conforme a profecia de São Malaquias, veja aqui) e Jerusalém cair sob o domínio do Anticristo, o próprio Cristo estará próximo. A queda da Igreja em Roma não será prova de que mentimos sobre o Primado de Pedro. Muito pelo contrário: será prova de que Cristo já está às portas e a Igreja cumpriu sua missão, sacrificando-se até o Fim em seu testemunho profético.

      A Igreja é meretriz sim, mas também é Santa porque está sob a tutela de Cristo! É meretriz, mas é a Igreja de Cristo!

Deixe uma resposta: