Não resista!

Tempos como esses são especiais, em que verbos como resistir e cair andam em alta ( 😀 ), inclusive na Política. Mas, como verbos, essas palavras suscitam efeitos contraditórios, às vezes, de acordo com as nossas emoções e as contingências de nosso Caminho.

Por isso tudo, eu, que já vivi intensamente todas as contradições que eu poderia suportar, digo a você:

  • Não resista à Vida; caia em seus braços.
  • Não resista ao Caminho; caia entre seus canteiros de flores e pedras.
  • Não resista ao Coração; caia em sua lábia e leve-o no bico.
  • Não resista ao Girassol; caia diante de sua face ensolarada.

Pois:

  • Os braços da Vida são feitos de ar puro e sangue correndo veloz.
  • As pedras fazem parte do Caminho, mas é você que rega as flores com seu olhar.
  • Se o Coração engana, não engana mais do que ama.
  • Os girassóis não choram, nem caem, mas acompanham o Sol, esteja ele no escuro, por trás de nuvens pesadas ou, aparentemente, dormindo.

2 respostas para “Não resista!”

Deixe uma resposta: