O Brasil e alguns de seus ritos de passagem

Acostumamo-nos a pensar sobre nossas vidas e sobre a história desse país de forma análoga, por períodos, marcos, fases, datas, etc. Seriam semelhantes aos ritos de passagem da vida de um jovem. Tal qual é nossa nação tupiniquim, um mancebo exposto a provas esdrúxulas e incompreensíveis na maloca onde vive (oh, saudosa maloca, maloca querida!), dotado de muita energia, valor e nenhum juízo.

A letra do Hino Nacional poderia nos servir de bela inspiração para esses devaneios, mas prefiro não me entranhar nas matas do desassossego e da heresia. Fico com essa perplexidade de filho do índio que, entendendo que nada é o que parece, sente-se inquieto com as batalhas que se travam pela alma e corpo desta sua terra continental.

Continue lendo “O Brasil e alguns de seus ritos de passagem”

Onde está a raiz da Alma brasileira?

Não obstante — comparável a qualquer organismo formado por partes diversas —, a alma de uma nação seja multifacetada e incrementada por múltiplas camadas e ondas humanas ao longo do tempo, podemos pressentir, residente lá no fundo de sua história, um núcleo (core, em inglês), uma semente viva a qual unge todas as almas de seus filhos, nativos ou adotados. Esta sublime presença perpassa todos aqueles que pisam no sagrado solo da nação. Andando nós sobre seus rios, bebendo diariamente de suas águas, sendo acordados por seus galos ou tiroteios, podemos, inclusive, ouvir esse estranho canto e sentir esse aroma peculiar.

Como pode-se constatar acima, é um sentimento difícil de descrever. Não pelo fato de essa terra de Santa Cruz ser de porte continental, não por isso. Também não é pelo contraste cultural que já se estende por 500 anos, o que diante da Europa representa apenas como que uma paixão de adolescentes. Talvez seja porque , pela exuberância de um ambiente natural onipotente, pródigo em Vida e de forte conteúdo bucólico, sejamos atraídos de volta àquele vigor da juventude do qual beberam todas as civilizações em seus períodos de aurora.

Continue lendo “Onde está a raiz da Alma brasileira?”

A base ideológica do Terror e as Leis de Noé

Devido ao bom alcance obtido com a denúncia prévia de que já há sujeitos apoiando o Terrorismo e fazendo propaganda do ISIS e Boko Haram no Brasil, resolvi deixar para uma postagem separada a exposição sobre uma das bases ideológicas, senão a mais importante, para a aplicação da Sharia e do Terrorismo sobre nós, “infiéis”, a quem chamam de kuffar.

Continue lendo “A base ideológica do Terror e as Leis de Noé”

Israel e o Racismo judaico contra negros

Quanto mais tempo passa, mais me surpreendo com o vitimismo por seu emblemático poder de subversão da sociedade. Entenda-se aqui vitimismo como a prática, eminentemente cínica, da supervalorização dos sofrimentos passados por alguns grupos de seres humanos tendo em vista a usurpação de poder e objetivando vantagens políticas e econômicas.

Pelo que vou falar hoje, podemos encontrar as fontes onde gayzistas e esquerdistas foram haurir seu know-how e se inspiraram para se tornarem mestres na arte de chantagear as maiorias. Abaixo, um documentário retratando, in loco, o racismo abjeto, sempre impune, de alguns grupos de judeus em Israel (cujo primeiro-ministro partilha de seus ideais), contra negros e estrangeiros:

Continue lendo “Israel e o Racismo judaico contra negros”